SÁB 21 DE OUTUBRO DE 2017 - 13:30hs.
Movimento chegou a cair mais de 50%

Apostas esportivas desbancam jogo do bicho no Ceará

Bicheiros dizem que movimento chegou a cair mais de 50% depois do surgimento da nova modalidade. 'O Jogo do Bicho é proibido e eu não posso instalar um ponto de aposta. Mas eles têm ponto em toda esquina. Se eu botar uma placa do Jogo do Bicho na rua, a polícia vem em cima. Com eles, isso não acontece', compara o bicheiro, com mais de 30 anos de experiência no ramo.

O "Jogo do Bicho" reinava absoluto há vários anos, até surgirem as apostas esportivas que o desbancaram no Ceará.  A modalidade já ameaça até as loterias oficiais administradas pela Caixa Econômica Federal (CEF).
 
A Gazeta entrevistou um bicheiro, dono de bancas no interior do Ceará, que concordou em falar sob anonimato. Ele revela que as apostas nos bichos caíram mais de 50% depois do surgimento e ascensão dos palpites esportivos.

"Esse tipo de jogo está empestado, não só aqui em Fortaleza, como no Ceará todo, Eu tive de demitir funcionários e os cambistas vivem reclamando o tempo todo. Como você sabe, o Jogo do Bicho é proibido e eu não posso instalar um ponto de aposta. Mas eles têm ponto em toda esquina. Se eu botar uma placa do Jogo do Bicho na rua, a polícia vem em cima. Com eles, isso não acontece", compara o bicheiro, com mais de 30 anos de experiência no ramo.
 
Ele confessa que um de seus sócios tenta convencê-lo a migrar para o jogo de apostas esportivas, mas o velho bicheiro reluta, ante a idade e a tecnologia que precisa ser empregada. "Eu já quero é sair do Jogo do Bicho!", confessa.
 
Fonte: GMB / camburaodanoticia