SÁB 24 DE FEVEREIRO DE 2018 - 08:33hs.
Brasilia

Sportradar se apresenta à SEAE para fornecer fiscalização ao projeto de apostas esportivas

Depois de conhecer a intenção da Secretaria de Acompanhamento Econômico de apresentar um projeto que legalize as apostas de cotas-fixas, a Sportradar, empresa líder global em identificar e analizar o poder dos dados esportivos, se reuniu com o secretario Mansueto Almeida e sua equipe. A companhia, que já trabalha com a CBF, detalhou seus serviços de monitoramento e fiscalização para evitar fraudes e se colocou a disposição.

Pela Sportradar esteve presente Tiago Horte Barbosa, Diretor da Sportradar AG para a América Latina e Consultor em Integridade Esportiva, e pela SEAE participaram o próprio secretario Mansueto de Almeida, acompanhado de Alexandre Manoel Ângelo da Silva (coordenador-geral de Análise de Promoções Comerciais e Regulação de Loteria) e os técnicos Waldir Eustáquio Marques Júnior e Itamar de Carvalho Pereira.

O encontro de duas horas de horas de duração serviu para que a Sportradar explicasse de que forma poderia colaborar para manter a integridade e limpeza do negócio das apostas esportivas que pode dar ao Brasil milhões de reais em impostos. No país, a empresa já trabalha com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e fiscaliza as partidas dos torneios estaduais de São Paulo, Pernambuco, Alagoas e Santa Catarina.

”A SEAE nos permitiu contar como a Sportradar prevê, detecta e atua contra a manipulação dos resultados (match fixing) com sistemas únicos de monitoramento. Eles viram como é o nosso trabalho junto aos clubes, associações e governos do Brasil e do mundo. Queremos tirar da cabeça deles a preocupação quanto a fiscalização do sistema de apostas e poder ter os dados dos apostadores para evitar fraudes”, assegura Barbosa.

Em uma entrevista ao Jornal da CBN no mês de novembro passado, o secretário de acompanhamento econômico, Mansueto de Almeida, informou que o Ministério da Fazenda avança em um estudo para legalizar as apostas esportivas online. “O Sporting bet pode vir a ser uma modalidade de jogo muito importante no Brasil, pois hoje as pessoas usam sites hospedados em outros países para fazer esse jogo e o governo não arrecada nada”, diz Mansueto.

Almeida e sua equipe estudam enviar um projeto de lei regulamentando somente as apostas de cotas-fixas (conhecidas como “sport betting”), em que os jogadores palpitam sobre eventos futuros, como esportes ou resultados de eleições. A ideia é criar regras para o futuro licenciamento da operação dessas apostas. Em países como a Itália, mais de 40 empresas atuam nesse mercado.

Sem o embargo, Mansueto também advertiu: “Antes mesmo teremos de fortalecer a capacidade do Estado de fiscalizar essa atividade no Brasil. Hoje, o Estado consegue fiscalizar as loterias porque é um jogo bem circunscrito. Agora, se o Brasil quiser ter sportingbet e outros jogos, é importante desenvolver a capacidade regulatória e de monitoramento. Porque hoje o número de pessoas que fiscalizam todas as loterias no Brasil é inferior a 20 profissionais”

Hoje, os brasileiros fazem esses jogos em sites estrangeiros: o levantamento da KPMG e da RGA cita que, em 2015, dado mais recente disponível, foram US$ 313 milhões, ou R$ 1 bilhão, apostados. Se as apostas de cotas fixas fossem regulamentadas, o mercado nacional poderia alcançar R$ 3,9 bilhões somente nessa modalidade.

A Sportradar é a empresa líder global em identificar e trabalhar o poder dos dados esportivos e do conteúdo digital para seus clientes ao redor do mundo.  Os Serviços de Integridade da Sportradar fornecem a operação do Sistema de Detecção de Fraude - Fraud Detection System (FDS) para várias federações de 13 modalidades esportivas diferentes, incluindo a AFC, UEFA, CONMEBOL, World Rugby, NHL e NBA.

Com sede na Suíça, a Sportradar possui escritórios em 30 outras localizações e conta com mais de 1.900 colaboradores altamente qualificados ao redor do mundo. Ao todo, atende cerca de 1.000 entidades em mais de 80 países.

Este exclusivo sistema permite que os profissionais de integridade monitorem o padrão de comportamento dos mercados de apostas esportivas em todo o mundo visando a identificação de alguma atividade suspeita. Os resultados deste monitoramento sistêmico se provaram inestimáveis para federações e para órgãos de justiça que buscam detectar qualquer tipo de manipulação de resultados.

Os Serviços de Integridade ainda contam com um Serviço de Prevenção de Fraudes – Fraud Prevention Services (FPS) pelo qual a Sportradar oferece programas de capacitação que já foram ministrados para várias federações, ligas e clubes ao redor do mundo. Estas ações aumentam consideravelmente a conscientização de todos os envolvidos com o esporte para com os assuntos de apostas ilegais e manipulação de resultados.

Fonte: GMB