SEG 20 DE AGOSTO DE 2018 - 21:36hs.
Rodrigo Afanador, CEO do Vicca Group

“A experiência de regulamentação na Colômbia mostrará o caminho para países como o Brasil”

O Vicca Group é um entre o crescente número de operadores colombianos que estará presente na próxima edição de Juegos Miami. Seu CEO, Rodrigo Afanador Carrasco, fala sobre a marca de jogos online da empresa, ZAMBA.CO, argumentando que a América Latina precisa reivindicar seu próprio espaço, e destaca as lições a serem aprendidas com a experiência de jogo na Colômbia.

Sua empresa se beneficiou da regulamentação dos jogos on-line na Colômbia, o que outros países poderiam aprender com o exemplo da Colômbia?
Acho que o processo de regulamentação na Colômbia foi realizado de maneira muito meticulosa e confiável. Foi mais complexo do que pensávamos que seria até o mercado começar a operar. Acho que esta é a lição mais valiosa: a experiência adquirida durante a implementação. Em particular, gerar confiança no setor financeiro colombiano tem sido um grande desafio. Penso que existem muitas lições para os países que estão considerando a regulamentação dos jogos online e, na minha opinião, a maior lição é que é necessário, o mais rapidamente possível, envolver diretamente todos os setores e instituições que têm um efeito crucial no sucesso ou fracasso da indústria.

Acho que a experiência da regulamentação de jogos on-line na Colômbia mostrará o caminho para países como o Brasil, a Argentina, o Peru e o Chile concentrarem seus esforços para criar regulamentações adequadas para seus próprios mercados. O caso da Colômbia é uma referência importante, mas também é crucial ter em mente que cada mercado e cada país tem diferentes abordagens culturais e diferentes realidades específicas.

Como a Vicca fornece uma dimensão diferente para os jogos na Colômbia?
A ZAMBA.CO, nossa marca de jogos on-line, é o resultado da fusão dos conhecimentos de 25 anos da VICCA no mercado regional, com os padrões técnicos e profissionais do Grupo GAMING1 da Bélgica. Nossa abordagem para esta operação é baseada no jogador: sua experiência de jogo e principalmente sua segurança. Queremos oferecer-lhes um portfólio de eventos e possibilidades que estejam alinhados com suas expectativas, de maneira segura e transparente.

O ZAMBA.CO é definitivamente um projeto regional e planejamos operar em países que ofereçam uma regulação séria e tamanho adequado de mercado. Este ano vai ser muito dinâmico para as apostas online, oferecendo uma infinidade de oportunidades de aprendizagem para todos. No nosso caso, esperamos poder formar alianças com operadores interessantes na região para alcançar desenvolvimentos conjuntos. Temos uma equipe incrível que está acumulando uma experiência muito valiosa.

O que Juegos Miami significa para a indústria latino-americana?
Acredito que precisamos reivindicar nosso próprio espaço para a América Latina dentro do setor. Acho que existem muitas organizações de nível internacional em nossos países e, ao mesmo tempo, vejo um crescimento significativo à nossa frente. Precisamos de um ambiente que se concentre em nossas necessidades e em nossa cultura de maneira profissional e com objetivos claros.

Para mim, o Juegos Miami é uma valiosa oportunidade de interagir com pessoas-chaves da indústria: potenciais parceiros estratégicos, governos, provedores e amigos. Tenho experimentado a crescente reputação e reconhecimento do evento, e acho que a adição de novas propostas a cada ano é muito emocionante, especialmente as opções de aprendizado onde o refinamento dos temas de interesse foi feito de uma forma muito intuitiva. O evento deste ano será especialmente interessante com o GiGse, como um evento avançado que traz tecnologia, novos negócios e líderes empresariais de sucesso com experiências que valem a pena ouvir, sob o mesmo teto em um ambiente perfeito para socializar e compartilhar em uma cidade que nos une, cultural e geograficamente.

Fonte: GMB