QUI 16 DE AGOSTO DE 2018 - 03:46hs.
Em São Paulo

ABRABINCS participa da 5º Conferência Internacional da UNI Américas para os Jogos

Olavo Sales da Silveira, presidente da Associação Brasileira De Bingos Cassinos e Similares representada, participou da 5º Conferência Internacional da UNI Américas para os Jogos – Juntos pelos Trabalhadores, organizada pela CONTRATUH, que ocorre no Hotel Braston, reunindo autoridades, dirigentes sindicais e presidentes de associações que estão a frente do debate sobre a regulamentação dos jogos no Brasil e no mundo.

Olavo Sales da Silveira, presidente da ABRABINCS, explica a importância da 5º Conferência Internacional da UNI Américas para os Jogos – Juntos pelos Trabalhadores e os objetivos dos organizadores do evento.

“É a organização sindical dos trabalhadores buscando diálogo com representantes empresárias e com o governo para que esse pilar tripartite (empresários, trabalho e governo) possam encaminhar bem uma solução de trabalho porque os trabalhadores entendem que é um segmento que gera muito emprego e precisam que o governo faça esforços no sentido de criar mais oportunidades. E nesse sentido, eles foram buscar experiências em países vizinhos e é disso que se trata: é um conferência para a formação de mão de obra para a atividade”, explica Olavo Sales da Silveira.

O presidente da ABRABINCS também falou sobre a presença da entidade na conferência e sobre a mensagem que tentou passar aos participantes.

”Muito nos honrou o convite para compor a mesa do dia 17 de maio, nossa participação teve o intuito de acrescentar nossas experiências a este importante evento bienal; pois estamos certos de que a da consistência desse trabalho nascerá um diálogo produtivo entre todos os setores vinculados a esta atividade”, afirmou.

Durante sua fala como um dos palestrantes da tarde desta quinta, Olavo Sales destacou que o maior temor dos grupos internacionais que querem investir em jogos no Brasil é com a insegurança jurídica, caso o projeto de lei seja aprovado.“O investimento é de centenas de milhões de dólares, não dá para esses grupos ficarem rendidos a uma simples decisão de um governante. A legalização precisa ser vista como política de Estado e, por ser uma tendência mundial, provavelmente será solidificada desse jeito”, coloca. Sales diz que no mundo são 182 bilhões de dólares em arrecadação de bingos e cassinos, com boa parte revertida impostos. “Desse montante, em média, são 30% de impostos. São 56 bilhões de dólares para os cofres públicos. Nenhum centavo para o Brasil”, concluiu.

A 5º Conferência Internacional da UNI Américas para os Jogos – Juntos pelos Trabalhadores é organizada pela CONTRATUH (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Turismo e Hospitalidade) e pela UNI Global Union. Além da ABRABICNS, o evento contou a presença de Bob dos Santos, secretário Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, representando o Ministério do Turismo; Daniel Amoroso, presidente mundial da UNI Jogos e do Sindicato de Trabajadores de Juegos de Azar (Argentina); representantes de entidades sindicais como o presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST, José Calixto Ramos; os presidentes das centrais sindicais CUT e UGT, Vagner Freitas e Ricardo Patah respectivamente e Moacyr Auersvald, presidente da CONTRATUH, umas das organizadoras.

Fonte: GMB