QUI 20 DE SETEMBRO DE 2018 - 22:08hs.
Universidade de Las Vegas

Nevada aceita consultoria para implantação do jogo no Brasil

O International Center for Gaming Regulation, da Universidade de Nevada em Las Vegas, se colocou à disposição da Câmara dos Deputados para desenvolver um estudo sobre os impactos da regulação do jogo no Brasil à luz das melhores práticas internacionais em cooperação com o Instituto Brasileiro de Jogos e a Universidade Federal do Rio de Janeiro, também chamada Universidade do Brasil, a maior, melhor e mais antiga instituição de ensino do país, em operação continua desde o século XVIII.

Agora cabe ao Congresso definir escopo técnico e orçamento disponível para o trabalho. O deputado Cesar Halum, Presidente da Frente Parlamentar pela Aprovação do Março Regulatório do Jogo no Brasil, que reúne 262 deputados, mais do que o necessário para votar e aprovar o projeto, está cuidando do assunto pessoalmente e espera qualificar a discussão para desmistificar de uma vez por todas as falácias que vem sendo utilizadas por setores contrários à matéria e que até agora não apresentaram sequer um argumento consistente sobre a atividade de jogos.

Em resposta a uma carta do deputado Cesar Halum, o diretor executivo do Centro Internacional para Regulação de Jogos, Andre Wilsenach, colocou o instituto à disposição do parlamentar brasileiro, do Congresso e do Instituto Brasileiro de Jogos, oferecendo “significativa experiência sobre o impacto socioeconômico do jogo no Brasil visando maximizar os benefícios econômicos dos jogos e a o mesmo tempo aliviar os riscos associados à atividade”.

Segundo ele, “a grande vantagem para o Brasil, no atual estágio dos estudos sobre a regulamentação da atividade, é o fato de poder se beneficiar das experiências de outras jurisdições de jogo em todo o mundo”.

Fonte: GMB