SEG 22 DE OUTUBRO DE 2018 - 04:01hs.
Michele Naili (Partido Novo - NOVO)

Candidata a deputada federal tem a legalização do jogo como proposta Nro 1 de sua campanha

'A legalização da indústria de jogos, cassino e bingos no Brasil pode gerar mais 100 mil empregos diretos e incentivar outras atividades econômicas no pais', diz a primeira e mais importante proposta da lista da candidata a Deputado Federal no Rio de Janeiro pelo Partido Novo (NOVO). Ela trabalhou 23 anos na TV Globo e atualmente é consultora da CONMEBOL onde ajuda a estruturar a produção e transmissão do futebol sulamericano.

Naili, de 64 anos, decidiu participar da Politica para devolver o protagonismo ao Rio de Janeiro incentivando as Atividades Econômicas que forneçam recursos imediatos para a Segurança, tais como a Legalização da Indústria dos Jogos, Cassinos e Bingos, gerando 100.000 empregos diretos no Brasil, reaquecendo a economia, trazendo turistas e abrindo as portas para investimentos internacionais.

“Com os cassinos, redefiniremos o turismo em nosso estado, trazendo turistas, impostos e renda para nossas cidades nesse momento tão profundo de crise”, acrescenta Naili em sua fervorosa proposta para legalizar a atividade no Brasil.

O Partido Novo (NOVO) é um partido político de direita alinhado às ideias do liberalismo econômico. Fundado em 2011 por pessoas sem carreira política, teve seu registro deferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2015 e tem o 30 como número eleitoral. Em sua estreia, nas eleições de 2016, elegeu quatro vereadores, em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, e Belo Horizonte. Para as eleições de 2018 há 22 postulantes, incluindo um de seus fundadores, João Amoêdo, à presidência da república.
 


A candidata a deputada federal foi consultora, palestrante, e executiva da indústria de televisão e novas mídias com mais de 30 anos na gestão geral de mega eventos Internacionais que incluem 6 Copas do Mundo da FIFA, 4 Jogos Olímpicos, 17 temporadas de Formula 1, entre outros.

Na Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, Naili cuidou da infraestrutura e Gestão Geral da área de Televisão nos 12 estádios e no Centro Internacional de Transmissão. Nos Jogos Olímpicos Rio2016 respondeu pela Gestão Geral do Complexo de Mídia onde ficavam todas as televisões e imprensa mundiais do evento, além dos órgãos públicos, Segurança e Comando dos Jogos.

Trabalhou 23 anos na TV Globo onde foi responsável pelo planejamento e operação de diversos eventos nacionais e internacionais , alem da negociação de direitos esportivos. Atualmente Michele é consultora da CONMEBOL e ajuda a estruturar a produção e transmissão do futebol sulamericano, para que fique no mesmo patamar de todos eventos internacionais.

Fonte: GMB