QUA 13 DE DEZEMBRO DE 2017 - 09:04hs.
16º Congresso no Panamá

Uruguai se mantém à frente do CIBELAE e Caixa assume a 2ª vice-presidência

A Assembleia Geral da CIBELAE elegeu por unanimidade Luis Gama - Diretor da Divisão de Loterias e Quintiles do Uruguai -, como Presidente da Corporação pelo terceiro mandato consecutivo. A novidade para o Brasil é que a Caixa Econômica Federal assumirá a 2ª vice- presidência através de Deusdina dos Reis Pereira.

A votação foi realizada no âmbito do 16º Congresso que começou ontem de manhã com o desenvolvimento da Reunião do Conselho, a tarde houve a Assembleia Geral e a inauguração da feira de expositores com a presença das empresas TecnoAction, Novomatic, IGT; Gi Tech; Skilrock; GLI, Carmanah Signs, Idem, Smartplay, Oasis Entertainment e EPPL.

Pela manhã, aconteceu a reunião do Conselho de Administração da CIBELAE, com a presença de representantes dos reguladores e operadores de jogos de azar do Brasil, Chile, Portugal, Argentina, El Salvador, Espanha (SELAE), Uruguai, Panamá, Espanha (ONCE) e Paraguai e a Assembleia Geral foi acompanhada pelo Patrocínio Nacional da Criança (PANI) de Honduras, Loteria Nacional da Nicarágua, Loteria do Pacifique des Jeux e empresas La Banca e AAQUI do Uruguai.

O novo Conselho de Administração para o biênio 2017-2019 foi composto da seguinte forma:

Presidente: Direcção Nacional de Loterias e Quinielas do Uruguai, por Luis Gama

  • 1º Vice-Presidente: SELAE, Espanha, por Inmaculada García.
  • 2º Vice-Presidente: Caixa Econômica Federal, do Brasil, liderada por Deusdina dos Reis Pereira.
  • 3º Vice-Presidente: Loteria Nacional da Caridade, Panamá, por Armando Guerra.
  • Secretário-Geral: Comissão Nacional de Jogos, Paraguai, de Javier Balbuena Estigarribia.
  • Tesoureiro: ALEA, Argentina por Alfredo Monaco. Vocais:
  • Vocais:
  1.    Organização Nacional dos Cegos de Espanha, Espanha, pelo Diretor Executivo Alfonso Galiano Martínez
  2.    Loteria Nacional de Beneficencia, El Salvador por Rogelio Fonseca Alvarenga
  3.    Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Portugal, de Edmundo Martinho.
  4.    Loteria Nacional do México
  5.    Conselho Nacional de Crianças de Honduras, por Golda Sánchez.
  6.    Pacify des Jeux pelo seu CEO, Thierry Gabarret.


Também foi decidido mudar a subsede regionais na República Dominicana para o Panamá, foi criada a figura do 3º vice-presidente, foi decidida a mudança do perfil do diretor executivo, incorporando Coljuegos da Colômbia e as demonstrações financeiras de 2015 e 2016 foram  aprovadas.

No final, o presidente, Luis Gama disse: "Eu faço um balanço muito positivo, temos crescido aprovado um plano estratégico, as comissões de trabalho estão trabalhando com objetivos claros e incorporando novos membros. Uma nova etapa está chegando, já crescemos e devemos dar conteúdo racional internamente ".

De agora em diante "procuraremos criar uma nova estrutura para os próximos dois anos. Promover ações conjuntas, gerando documentos sobre o jogo responsável, jogo ilegal, jogos online e temas que servem a região. Dois anos são muito importantes para a estrutura interna, para gerar valor", concluiu Gama.

 

Fonte: GMB
Galería de fotos