QUA 13 DE DEZEMBRO DE 2017 - 08:53hs.
Diretoria da Febralot

Lotéricos levam discussão sobre o PL 7306/2017 ao Banco Central

A diretoria da Febralot em conjunto com o deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB/PR), o assessor do deputado Goulart, Maurilio, e diretores do Banco Central tiveram uma reunião com o PL 7306/2017 como tema principal. A Federação Brasileira das Empresas Lotéricas entende que não haverá nenhuma interferência da entidade no momento da votação quando o projeto for a plenário.

As discussões, que buscaram analisar os reflexos desta aprovação no setor, definiram a posição do Banco Central de não ter como objeto de trabalho a regulamentação das remunerações pagas pelas instituições financeiras aos seus correspondentes bancários. Sendo assim, a Federação Brasileira das Empresas Lotéricas entende que não haverá nenhuma interferência da entidade no momento da votação quando o Projeto for a plenário.

Este trabalho da Federação foi a conclusão da agenda de trabalho planejada para levar o PL ao conhecimento e discussão das principais instituições financeiras relacionadas, no caso a Caixa Econômica Federal, a FEBRABAN e o Banco Central. Após esta série de reuniões o deputado Hauly concluiu que não há nenhuma outra necessidade para que o PL entre em votação e a expectativa é que isso ocorra até o fim deste mês.

Vale destacar que a data de votação é influenciada pelo momento político do país e a pauta da Câmara dos Deputados sofre influência direta dos temas que sejam prioritários em todos os setores econômicos. Ainda assim, a Febralot já conta com a presença de todos os empresários próximos à Brasília quando esta data estiver definida a fim de dar corpo aos interesses da Categoria.

Os autores do texto do PL 7306/2017 farão agora os últimos ajustes no texto para que a aprovação se concretize sem nenhum entrave e finalmente leve, principalmente para a Rede Lotérica, o restabelecimento do seu equilíbrio econômico financeiro. O texto finalizado será levado à conhecimento da Rede assim que possível.

Seguindo as mesmas estratégias anteriores, a Febralot informará a Classe, em momento oportuno para contatar os parlamentares de seus Estados pelas redes sociais e através de visitas nos seus gabinetes estaduais.
 
Fonte: GMB / FEBRALOT