QUA 19 DE SETEMBRO DE 2018 - 10:50hs.
Rio de Janeiro

Loterj garante Natal de mais de 40 projetos sociais

Estão sendo repassados neste final de ano quase R$ 4,5 milhões para entidades que cuidam de crianças, idosos e deficientes. É que 70% do lucro da Loteria do Estado do Rio de Janeiro deve ser destinado, por lei, a sustentar ações de alta relevância social. E nesta sexta-feira (22) a Loterj – em parceria com o RioSolidario - anuncia 19 novos projetos sociais aprovados no último edital e que vão receber R$ 2,3 milhões.

Final de ano costuma ser uma época em que as pessoas renovam esperanças e energias para refazer projetos e alimentar desejos. O que muita gente ainda não sabe é que a Loteria do Estado do Rio de Janeiro (Loterj) garante que alguns milhares de cidadãos cariocas e fluminenses tenham esperança os 365 dias do ano.  É que para crianças em idade escolar, deficientes, idosos e vítimas de violência, ter um lugar para contar faz toda a diferença.

E nesta sexta-feira (22) a Loterj – em parceria com o RioSolidario - anuncia 19 novos projetos sociais aprovados no último edital e que vão receber quase R$ 2,3 milhões. São entidades de todas as regiões do Rio de Janeiro, que atendem exclusivamente pessoas portadoras de todo tipo de deficiência e que necessitam de tratamento contínuo, reabilitação pontual, qualificação profissional e expectativa de vida.

“Nos dá muito orgulho saber que ao final deste ano difícil novos projetos poderão contar com recursos fundamentais para a sobrevivência daquilo que eles se propõem: transformar as vidas de quem mais precisa. Com esses 19 projetos aprovados no último edital de 2017, vamos chegar a mais de 45 entidades sustentadas pela Loterj”, anuncia Sérgio Ricardo de Almeida, presidente da Loteria do Estado.

E as boas notícias não param por aí. Até o final de dezembro, Loterj e RioSolidario repassarão mais de R$ 2,1 milhões para 26 projetos sociais que já são financiados com os recursos do lucro provenientes dos produtos da loteria estadual. Estão contemplados com esses recursos, por exemplo, a União dos Cegos do Brasil, o Lar Santa Catarina, a Obra Social Dona Meca, bem como dezenas de APAEs e Pestalozzis.

Um Natal mais recheado para entidades que cuidam de crianças, abrigo para idosos e reabilitação para deficientes.

70% do lucro da Loterj vai para projetos sociais em todo estado - Criado em 1995, o Rio Solidário é o braço social da Loterj. A maior parte do lucro com os produtos da Loteria do Estado do Rio de Janeiro é destinada às APAES, PESTALOZZIS, asilos, creches e entidades filantrópicas, com capilaridade suficiente para atender quem mais precisa de forma rápida.

Fonte: GMB