QUA 18 DE JULHO DE 2018 - 07:13hs.
Segundo a companhia

"Caesars fará o que for preciso para construir um resort de cassino exclusivamente japonês"

Em uma entrevista para a Bloomberg TV, o presidente de Desenvolvimento Internacional da Caesars, Steve Tight, reiterou o compromisso de sua empresa de entrar no mercado de cassinos japoneses. Ele disse que é cedo para fornecer uma quantia exata de investimento, mas parece que o Caesars não pouparia recursos e esforços para desenvolver um destino atraente.

Tight disse que o Caesars está pronto para investir e fazer o que for preciso para construir um resort integrado “exclusivamente japonês”, respondendo a uma pergunta sobre o investimento planejado da empresa no país asiático.

O Las Vegas Sands, um dos maiores rivais do gigante dos cassinos, disse anteriormente que planeja gastar até US$ 10 bilhões para construir um resort no Japão. O MGM Resorts International, outra importante empresa de jogos e hospitalidade de Las Vegas, revelou recentemente um plano de investimento de US$ 9,2 bilhões.

Tight disse que eles consideraram um pouco cedo demais para fornecer uma quantia exata, mas parece que o Caesars não pouparia dinheiro e esforço com o propósito de desenvolver um destino atraente.

O executivo da empresa apontou ainda que um dos maiores desafios enfrentados por todas as empresas interessadas seria educar a população japonesa sobre a natureza dos resorts integrados.

De acordo com Tight, os residentes do país são um pouco desconfiados quanto ao conceito de resort integrado, pois é absolutamente novo para o Japão. Ele prosseguiu dizendo que o Caesars fará o possível para explicar o modelo e dissipar o equívoco de que o jogo de cassino representa a maior parte dos resorts integrados, enquanto as instalações de jogos ocupam uma parte muito pequena de tais propriedades.

Fonte: GMB / Casino News Daily / GGR Asia