SEG 20 DE AGOSTO DE 2018 - 21:37hs.
Declarações do presidente

PPA aplaude SCOTUS derrubando proibição de apostas esportivas

A Poker Players Alliance (PPA) aplaudiu a decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos (SCOTUS) que considera a Lei de Proteção ao Esporte Profissional e Amador de 1992 (PASPA) como inconstitucional. 'Esta é uma ótima decisão para os consumidores que há anos não têm escolha para apostar em outros esportes além do mercado negro', disse o presidente da PPA, Rich Muny.

Essa decisão efetivamente permite que os estados determinem se legalizam ou não as apostas esportivas. Vários estados já têm leis prontas para permitir apostas esportivas (dependendo da decisão do SCOTUS) e muitos outros estão considerando a legislação.

“Essa é uma ótima decisão para consumidores que há anos não têm alternativa para apostar em outros esportes além do mercado negro. Ele apresenta aos estados a oportunidade perfeita para estabelecer políticas sensatas não apenas para regulamentar as apostas esportivas, mas também outras formas de jogo, incluindo o poker na internet. Quer você esteja apostando em esportes ou jogando poker, os legisladores devem priorizar a proteção dos consumidores”, disse Rich Muny, presidente da Poker Players Alliance.

“Os estados que já regulamentaram o poker na internet provaram que isso pode ser feito de uma forma que beneficie os consumidores e os governos. Faz sentido que os estados que estão de olho em apostas esportivas também percebam os benefícios do iPoker e do igaming regulados”, acrescentou Muny.

“Hoje marca uma data importante para o futuro dos jogos nos Estados Unidos. O futuro das apostas desportivas continuará a depender da Internet e das tecnologias móveis, e isto também se aplica a todos os jogos. Agora, mais do que nunca, os estados devem assumir o controle do poker online e das apostas esportivas e criar sistemas que protejam os consumidores adultos e forneçam aos governos novos fluxos de receita”, concluiu Muny.

Fonte: GMB