DOM 17 DE DEZEMBRO DE 2017 - 11:38hs.
Levou uma bolada de R$550.000,00

Andrew Zeus é o grande campeão do WSOP Circuit Brazil 2017

Após oito dias de evento e um prêmio total garantido de R$5 milhões, o WSOP Circuit Brazil tem um novo campeão. Andrew Zeus passou por um field de 939 jogadores e cravou o Main Event, levando pra casa a bolada de R$550.000,00 além do cobiçado anel do WSOP. O vice-campeão levou R$350,000.00 e o terceiro, R$250.000,00. “A sensação é indescritível, foi muito árduo chegar até aqui', disse o jogador de Indaiatuba, interior de São Paulo.

O jogador Andrew Kuster, de Indaiatuba, interior de São Paulo, viveu um roteiro de sonho na mesa final da WSOP Circuit Brazil. Impulsionado por uma torcida barulhenta, o profissional conseguiu transformar o sétimo maior stack, de 15 blinds, em todas as fichas do torneio. Ele foi o grande campeão e ganhou o prêmio gigantesco de R$ 550.000.

Mais conhecido pelo apelido, "Zeus”, bateu o field total de 939 entradas e conseguiu também o cobiçado anel da WSOP Circuit.

"A sensação é indescritível, foi muito árduo chegar até aqui. O começo da reta foi horrível. Acabei satelitando o Main Event, se não fosse isso, talvez eu nem jogasse, porque tomei ferro em cash e outros eventos. Consegui satelitar, passei curto para o Dia 2, curto para o Dia 3 e foi um passo de cada vez. Estou muito feliz”, disse Zeus.

O início da mesa final foi animador para o campeão, que conseguiu triplicar o stack em uma mão contra Rodrigo Alvarenga e Bruno Borges. Com QQ, ele venceu um coin flip contra Borges, que tinha AK e mais fichas, e eliminou o outro adversário que tinha KQ. Zeus ficou em uma zona mais confortável e assim se manteve por muito tempo. E não foi só na mesa final.

"Eu joguei todos os dias com 8 a 15 blinds, quando eu chegava a 20 blinds, o nível subia e eu caía de novo. Eu estava curto, mas também muito tranquilo. Sabia que tinha jogadores bons, mas joguei com outros já na reta final que eu sabia o que fazer, como extrair fichas, o spot certo para shovar uma mão média. Consegui impor”, contou.
 
No último dia do WSOP Circuit Brazil ainda foram entregues mais três anéis. Os campeões dos eventos High Roller Big Diamond, Thiago Crema, 6-Max, Thiago Rachadel e Deepstack Hero, Oderlândio Moura, conquistaram a joia. 

Ao cravar o torneio, Oderlândio Moura, campeão do WSOP Circuit Brazil 2016, conquistou seu segundo anel WSOP. O mais interessante da decisão do torneio é que Oderlândio enfrentou um heads-up contra seu irmão Odemilson e, além da joia, levou R$65.000,00.  
 
Fonte: GMB