SÁB 23 DE SETEMBRO DE 2017 - 23:58hs.
Após novas regras no país

Partypoker sai da Austrália em 31 de agosto

O operador de poker online Partypoker confirmou sua saída do mercado australiano de apostas, depois que o Senado da Commonwealth aprovou um projeto de lei que proíbe a prestação de serviços de igaming não licenciados aos jogadores australianos. O fim da operação acontecerá em 31 de agosto.

A marca de poker disse em uma publicação em seu blog oficial que não aceitará mais clientes locais a partir de 31 de agosto. Também informou os jogadores que seus fundos estão garantidos e que eles poderão retirá-los no momento que acharem conveniente.

Tom Waters, diretor-gerente da Partypoker, disse que sendo um dos seus mercados fortes, eles estão descontentes com a saída. "Continuaremos a trabalhar com a aliança de jogadores australianos para pressionar o governo a fornecer um ambiente seguro e regulado para que os moradores joguem poker online no futuro", afirmou.

A Partypoker tornou-se a primeira grande marca de jogo a deixar a Austrália após a aprovação das mudanças propostas para as leis de jogo on-line do país, ocorrida em 9 de agosto. Dias depois que o Senado votou a emenda de alteração de jogo, o PokerStars - outro grande operador com presença na Austrália - anunciou que sua partida oficial provavelmente ocorrerá em meados de setembro.

Além da Partypoker e do PokerStars, outras grandes operadoras já deixaram o mercado antes do voto no Senado, como Vera & John, 888poker, Gaming Innovation Group e 32Red.

Fonte: GMB