QUA 17 DE OUTUBRO DE 2018 - 01:34hs.
Em São Paulo

Primeira etapa do BSOP termina com mais de R$400mill em prêmios para o campeão

Após superar 1046 inscritos, Tiago Magalhães brilha na mesa final e fica com o título de campeão do Main Event da primeira etapa do BSOP em 2018. Tiago levou R$ 404.500,00 como prêmio mais o Platinum Pass para jogar o PokerStars Players Championship em 2019 nas Bahamas.

O título do primeiro Main Event da temporada 2018 do BSOP vai para Rondônia. Tiago Magalhães vai deixar o salão Ballroom do WTC Sheraton com uma experiência que ele jamais esquecerá. Superando o field de 1.046 entradas e conseguindo uma grande virada no heads-up contra Gustavo Vascão, ele impediu o bicampeonato do brasiliense e garantiu o prêmio principal de R$ 404.500.

“Acho que a ficha ainda não caiu, eu estou esperando cair”, contou um emocionado Tiago. “Estou muito feliz e não sei nem o que fazer agora, a ficha está caindo aos poucos. “Quando o Vascão eliminou o GM_Valter [Rafael Moraes, terceiro colocado] e eu vi aquele monte de ficha, já estava conformado com o segundo, fazendo as contas de quanto ia dar o prêmio do segundo, ver o que ia fazer com o dinheiro (risos).”

Além da forra de mais de R$ 400 mil, Tiago levou também o cobiçado Platinum Pass, pacote no valor de US$ 30 mil para jogar o PokerStars Players Championship, em 2019, nas Bahamas. “É demais, sensacional”, contou o campeão. “Estou muito feliz, em nenhum momento eu parei para pensar no Platinum Pass, estava pensando mesmo em quão longe eu podia chegar, nesse field duríssimo, mesa final cheia de craques. É um bônus que eu não esperava de jeito nenhum, eu nem me imagino lá ainda, estou muito feliz que vou para Bahamas.”

Tão perto, mas tão longe do bicampeonato, Vascão falou sobre o sentimento misto de conseguir um bom resultado, mas não levar o título. “No início é aquele sentimento de frustração, porque obviamente é aquela mesma história, não é o dinheiro que a gente quer, claro que ele ajuda e muito, mas eu queria o troféu”, contou. “Ele joga muito bem, agora na última mão eu li a sequência, mas o pote já estava muito grande, no heads-up, achei que não podia foldar. Quem está de parabéns é o Tiago, é ele que merece, é um menino bom, dedicado, hoje quem tem que comemorar é ele.”

A festa em Rondônia será boa. Além de Tiago, o estado também teve Caio Hey como representante na mesa final. “O Caio já tinha cravado uma etapa do BSOP/LAPT e agora eu consegui cravar também”, contou Tiago. “Legal chegar junto com ele aqui, pegar conselhos, discutir mãos. O nível técnico dele é muito melhor que o meu, então ajudou bastante, fiquei muito feliz de fazer essa reta com ele.”

Classificação final

1 – Tiago Magalhães – R$ 404.500
2 – Gustavo Vascão – R$ 244.700
3 – Rafael Moraes – R$ 172.020
4 – Carlos Augusto Gonçalves – R$ 129.120
5 – Caio Hey – R$ 99.350
6 – Pedro Correa – R$ 73.000
7 – Roberto Duek – R$ 53.800
8 – Charlston Betzel – R$ 38.500

Fonte: GMB/ Superpoker