SÁB 18 DE NOVEMBRO DE 2017 - 17:13hs.
Antes da Lei do Jogo

Jogos e apostas online se tornam sensação no Brasil

Mesmo não inteiramente legalizadas as apostas e jogos online no Brasil, circulam pelo mercado brasileiro já movimentando bilhão de reais por ano, sem que o governo tenha controle e direito a percentagens deste montante. Caso a liberação dos jogos seja aprovada, estima-se que muitos mais clientes entrem nesta prática e o mercado cresça abundantemente em todo o Brasil, passando a ser um fator satisfatório para toda a população.

Devido à crise econômica que parece não ter mais fim para os brasileiros, e com tentativas de soluções paliativas no governo, além de outros tributos que onerariam ainda mais a folha de pagamento da população no país, o Congresso Nacional estuda alternativas para aumentar o faturamento da União. 

Todavia, como há muito tempo, já se fazem apostas online de onde desejar, quando desejar e da forma que desejar, por meio de diversos sites do mundo todo, que prestam serviços para clientes no Brasil. Com isso, os jogos e apostas online vêm crescendo significativamente no país, até porque possuem atendimento especializado para atender os jogadores e apostadores nacionais, disponibilizando também uma equipe de suporte que trabalha em português, oferecem promoções, bônus e prêmios totalmente voltados para diversos gostos e perfis de brasileiros. 

Mesmo não inteiramente legalizadas as apostas e jogos online no Brasil, circulam pelo mercado brasileiro já movimentando bilhão de reais por ano, sem que o governo tenha controle e direito a percentagens deste montante. Caso a liberação dos jogos seja aprovada, estima-se que muitos mais clientes entrem nesta prática e o mercado cresça abundantemente em todo o Brasil, passando a ser um fator satisfatório para toda a população.


PUBLICIDADE


Segundo o Professor Pedro Trengrouse da FGV, não existe regulamentação e muito menos monitoramento dos mais de 400 sites internacionais abertos para apostas online entre cidadãos em território brasileiro e por este motivo a atividade não possui mecanismos de controle. Isso quer dizer que, se for considerada a carga tributária de 30% sobre o valor dos prêmios pagos aos ganhadores de bilhões por ano, o Brasil perde pelo menos R$2,7 bilhões em impostos.

Com isso, o atual governo brasileiro planeja elaborar uma empresa estatal a fim de explorar as apostas online e privatizá-las juntamente as loterias instantâneas da Caixa Econômica Federal, com a intenção de arrecadar R$8.000,para o pais. Portanto, a privatização da Lotex (loteria instantânea como a raspadinha já existente no Brasil), e que já tem legislação aprovada, encontra-se no Plano Nacional de Desestatização – PND, na aba da estrutura da Caixa, e a equipe econômica pretende disparar um edital para a venda em Agosto deste ano (2017), assim a nova empresa operará até o segundo semestre de 2018. 

Além disso, a modelagem da Lotex, também está acompanhada pela SportBetting (chamada loteria de apostas), mas que ainda não foi criada no país, porém os brasileiros participam desses jogos online através de websites internacionais, embora a maioria optam por apostar na Mega Sena, pois é a maior loteria do Brasil, além de disponibilizar jogos oficialmente organizados pela Caixa Econômica Federal, e que dispõe de uma praticidade e segurança na hora de apostar, com uma tecnologia avançada garantindo operações com máxima proteção aos apostadores online. 

De acordo com a Comissão Especial do Senado, está sendo analisado o Projeto de Lei 186/2014, que refere-se aos Jogos e Apostas no Brasil, o qual recebeu um parecer favorável dos membros da Comissão, e devido ao censo de 2017 que coloca a população brasileira com mais de 211 milhões de pessoas, há um enorme potencial para a legalização dos jogos online no país. 

Os dados da Anatel - Agência Nacional de Telecomunicações, apontam que o Brasil terminou Março de 2017 com mais de 200 milhões de celulares e densidade de 117,20 celulares por 100 habitantes, e o IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, realizou um levantamento inédito baseado em dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio), revelando que 57,3% das residências acessam a internet por meio de celulares e/ou tablets, isso quer dizer que, a quantidade de brasileiros que tem acesso à internet pelo smartphone é maior que no passado. 

Entretanto, com este "boom" da era digital, os jogos online mais procurados atualmente são os que apresentam melhor qualidade de navegação e alta definição, desde videogames, tais como: Icarus M, Super Mario Run, Line Age 2: Revolution, Modern Combat Versus, Shadowgun Legends, até os jogos com apostas, como por exemplo, esportes e loterias, fazendo com que esse entretenimento virtual seja a sensação do momento em solo brasileiro. 

Fonte: GMB/Ascom