DOM 27 DE MAIO DE 2018 - 22:03hs.
“Regulamentação dos jogos seria uma forma de gerar empregos e cultura”
Roberto Andrade, Deputado Estadual de Minas Gerais
“Regulamentação dos jogos seria uma forma de gerar empregos e cultura”

25/05/2018 | O deputado estadual de Minas Gerais, Roberto Andrade (PSB), afirmou que a legalização dos jogos é uma chance não só para quem gosta de jogar, mas, para os que procuram outras atrações que podem ser oferecidas nos mesmos espaços. O parlamentar é autor do requerimento  para uma audiência pública sobre o tema na próxima terça-feira (29) na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde também será apresentado o livro “A Teoria das Probabilidades no Jogo, Ciências e Políticas Públicas”, de Luiz Carlos Prestes Filho.

Comissão debaterá regulamentação dos jogos em audiência pública em Minas Gerais
29/05 na Assembleia Legislativa
Comissão debaterá regulamentação dos jogos em audiência pública em Minas Gerais

24/05/2018 | Uma audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa de Minas Gerais debaterá a regulamentação dos jogos no Brasil na próxima terça-feira, a partir das 16:30. O encontro se dispõe a discutir os benefícios que a atividade trará com a regulamentação dos jogos de apostas em dinheiro administrados pela iniciativa privada. Luiz Carlos Prestes Filho irá realizar na audiência o lançamento oficial para o público mineiro do seu novo livro.

“Algumas apostas esportivas no Brasil estão travestidas em títulos de capitalização”
Dep. Federal Danrlei de Deus Hinterholz
“Algumas apostas esportivas no Brasil estão travestidas em títulos de capitalização”

23/05/2018 | O crescente mercado de apostas esportivas preocupa o deputado federal Danrlei de Deus Hinterholz, do PSD-RS. Ele defende a regulamentação da atividade que movimenta, só no mercado brasileiro, R$ 50 bilhões por ano. O parlamentar argumenta que é preciso esclarecer o que são as apostas esportivas, pois algumas estão disfarçadas em títulos de capitalização e outras de jogos de loteria e de jogo do bicho.

“A Atlantis será um dos principais atores se o jogo funcionar no Brasil”
Eduardo Bercovich, Diretor da Atlantis
“A Atlantis será um dos principais atores se o jogo funcionar no Brasil”

22/05/2018 | (Exclusivo GMB) - Uma das principais fornecedoras de tapetes e carpetes para a industria de cassinos e bingos pelo mundo, a Atlantis está pronta para ser um dos maiores atores do mercado de jogos brasileiro assim que a legalização for oficializada. O GMB conversou com Eduardo Bercovich, diretor da empresa, que falou sobre as expectativas para a legalização da atividade no Brasil e os planos futuros da companhia.

"A paciência vale a pena, o Brasil vai prosseguir com uma lei de jogo cuidadosamente construída"
Michael Pollock, diretor administrativo da Spectrum
"A paciência vale a pena, o Brasil vai prosseguir com uma lei de jogo cuidadosamente construída"

22/05/2018 | (Exclusivo GMB) - Michael Pollock, diretor administrativo da Spectrum, participou da última edição do Congresso Brasileiro de Jogos e afirma que, mesmo que haja frustração por ainda não ter uma resolução sobre uma estrutura de jogos, a velocidade não é a meta. “Acertar é muito mais importante”, diz Pollock, entre outros conceitos, nesta entrevista com o GMB.

Bolsonaro acena com a liberação dos jogos no Brasil
Pré-candidato à presidência
Bolsonaro acena com a liberação dos jogos no Brasil

22/05/2018 | Apesar de se dizer, "em princípio", contrário à liberação de cassinos e jogos de azar, o pré-candidato a presidência do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL- RJ) afirmou que há possibilidade de aprovação de legislação que autorize os jogos, hoje ilegais, durante seu governo. A atribuição, no entanto, seria dos estados da Federação.

"A abertura do Brasil será uma ótima oportunidade para a indústria de jogos da Argentina"
Federico Lannes afirmou em Buenos Aires
"A abertura do Brasil será uma ótima oportunidade para a indústria de jogos da Argentina"

18/05/2018 | “Hoje, o jogo ilegal emprega 400.000 pessoas no jogo do Bicho e em Bingos, que são jogados por 20 milhões de brasileiros. Na Argentina, a indústria de jogos como um todo fornece trabalho para 240.000 pessoas. Há uma grande oportunidade para a criação maciça de empregos no Brasil, não só para jogos, mas também para hospitalidade”, disse Federico Lannes, consultor de Jogos Internacionais, na 10ª edição da Conferência Internacional de Conformidade, realizada esta semana em Buenos Aires.

"Falta esclarecimento de bancada religiosa para legalizar o jogo"
Segundo o Ministério de Turismo
"Falta esclarecimento de bancada religiosa para legalizar o jogo"

18/05/2018 | Segundo o Ministério de Turismo, a resistência de lideranças religiosas ao projeto que legaliza o jogo no Brasil dentro do Congresso se dá pela fata de esclarecimento dos envolvidos. A afirmação foi feita pelo Secretário Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo do órgão, Bob Santos, durante a 5º Conferência Internacional da UNI Américas para os Jogos, realizada em São Paulo (SP).

“O movimento das moedas da virtuais é algo que não vamos conseguir frear”
Witoldo Hendrich Jr, Online IPS Brazil
“O movimento das moedas da virtuais é algo que não vamos conseguir frear”

17/05/2018 | Witoldo Hendrich Júnior, o sócio fundador da empresa Online IPS Brazil, participou da audiência pública promovida pela comissão especial que analisa a regulamentação de moedas virtuais visando buscar o melhor uso de ferramentas e tecnologias. ”Se buscarmos formas de impedir as transações relacionadas as moedas virtuais nós empurramos os operadores, a sociedade, o consumidor para um mercado negro”, afirmou.

Witoldo Hendrich Jr falará hoje na Câmara sobre regulamentação de moedas virtuais
Comissão especial analisa o tema
Witoldo Hendrich Jr falará hoje na Câmara sobre regulamentação de moedas virtuais

16/05/2018 | A comissão especial que analisa a regulamentação de moedas virtuais (como os bitcoins) debate nesta quarta-feira (16) o uso de ferramentas e tecnologias capazes de inovar plataformas por trás de moedas virtuais. Foram convidados para o debate, entre outros, o representante da empresa Online IPS Brazil, Witoldo Hendrich Júnior e a diretora jurídica e de Operações da PrimeiroPay Latin America, Gabriela Vieira.

VER MÁS