QUA 19 DE SETEMBRO DE 2018 - 03:04hs.
Parceria inédita com companhia aérea

Operador Orinter junta forças com Amaszonas para levar apostadores brasileiros ao Paraguai

A inauguração do cassino Vivant é um dos fatores que a Orinter e a companhia aérea Amaszonas Paraguay, em uma parceria inédita, querem aproveitar para levar mais viajantes ao país. 'Há opções de jogos em lugares mais caros e distantes do Brasil, mas esse aqui será mais acessível. Mesmo que os jogos sejam legalizados no Brasil, o destino não perde força”, afirma o gerente de Marketing e Novos Negócios da Orinter, Jorge Souza.

Operador Orinter junta forças com Amaszonas para levar apostadores brasileiros ao Paraguai

Jorge Souza, da Orinter, e Nadia Kardouss, da Amaszonas Paraguay, celebraram a parceria de fomento turístico. Credito: Marcos Martins - Panrotas

Jorge Souza, da Orinter, e Nadia Kardouss, da Amaszonas Paraguay, celebraram a parceria de fomento turístico. Credito: Marcos Martins - Panrotas

Blackjack, caça-níqueis, roletas e luzes. Muitas luzes. A inauguração do cassino Vivant é um dos fatores que a operadora Orinter e a companhia aérea Amaszonas Paraguay, em uma parceria inédita, querem aproveitar para levar mais viajantes ao país e fomentar o turismo.

“Com a parceria com a Amaszonas Paraguay e sua nova frequência, queremos captar mais clientes de Campinas e cidades próximas para fomentar o fluxo de viajantes entre os dois países. Teremos ainda pacotes especiais para estadias no Yacht Golf e pacotes especiais, que será nosso foco de vendas. Essa é a primeira vez que investimos desta forma no destino Paraguai”, afirmou o Diretor de Novos Negócios da Orinter, Jorge Souza.

Apesar do avanço da legalização dos jogos de azar e da operação de cassinos no Brasil, Jorge tem confiança no destino paraguaio e suas vantagens. “Assunção e região são lugares que unem compras, atividades diversas e os cassinos. Mesmo que os jogos sejam legalizado no Brasil, o destino não perde força e continua sendo uma opção de viagem internacional acessível por essa junção de fatores”, ressaltou o executivo.

A filial o grupo aéreo da Amaszonas no Paraguai tem investido cada vez mais em rotas ligando as principais cidades da América do Sul a capital do país, devendo estrear mais uma frequência de Assunção a Santiago do Chile, de maneira direta, na próxima semana.

Para a oferta de voos, a Orinter vai realizar bloqueios em Campinas, Curitiba, Porto Alegre, Campo Grande e Rio de Janeiro, além de trabalhar em conjunto com o Turismo do Paraguai para que a experiência não fique restrita apenas ao resort e cassino.

“Só conseguimos vender com a ajuda de parceiros e a Orinter é uma grande operadora. Estamos trabalhando juntos para desenvolver pacotes exclusivos e o Turismo do Paraguai nos ajudará com as atividades nos arredores”, completa a gerente de Vendas da Amaszonas Paraguay, Nadia Kardouss.

A frota da aérea é composta exclusivamente pelos modelos Bombardier CRJ-200, que podem transportar até 50 pessoas. Com a baixa capacidade, a vantagem é poder fazer voos em horários mais alternados com pouco tempo de espera entre um e outro.

“Hoje no Brasil operamos rotas diretas para Assunção com o Bombardier em Campo Grande, Curitiba e Porto Alegre. A nova frequência diária a partir de Campinas, que foi iniciada em janeiro, já tem tido bons resultados, sendo já nossa principal frequência, devido, além do público de lazer, ao público corporativo, muito presente na região”, ressaltou Kardouss.

Além da capital Assunção, há possibilidade de combinar bate-voltas a Areguá e San Bernardino, que tem como atrativos o Lago de Ypacaraí, o Castelo de Carlota Palmerola e espaços de atividades esportivas, como o Aventura Extrema, e também lojas de artesanato local.

Fonte: GMB / Brasilturis