QUI 21 DE SETEMBRO DE 2017 - 09:28hs.
Paulo Roberto Galvão

Procurador da Lava Jato critica uso de bingos e loterias em campanhas

Em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo, o procurador Paulo Roberto Galvão demonstrou preocupação com a possibilidade de que recursos de bingos e loterias sejam destinados ao financiamento de campanhas eleitorais; segundo ele o país precisa de uma reforma política que torne as campanhas mais baratas e sem relações promiscuas.

De acordo Paulo Roberto Galvão, a utilização de bingos e loterias é uma das propostas que podem facilitar a inserção de ações criminosas no sistema eleitoral.

"Preocupa os integrantes daforça-tarefa o avanço de propostas que não só deixam de promover as mudanças necessárias, mas que facilitarão a lavagem de dinheiro da propina e sua inserção no sistema eleitoral, como a possibilidade de criação de bingos e loterias vinculado a partidos políticos ou ainda a ocultação da identidade dos doadores”, afirmou ao jornal.

A proposta do procurador é que seja feita um reforma política que não permita o atual sistema onde propinas são utilizadas para campanhas. Ele também afirmou que a população espera proposta que mudem o cenário político brasileiro.

"A população quer propostas com foco em moralizar a política brasileira e permitir que a gente avance contra a política velha.”

Fonte: GMB/ O Estado de S. Paulo