SEG 22 DE OUTUBRO DE 2018 - 04:01hs.
Bruno Omori (Podemos)

Candidato a Deputado Estadual por SP defende a legalização dos jogos de azar

Bruno Omori, presidente da ABIH-SP (Assossiação Brasileira da Industria de Hotéis de SP), se apresenta nessas eleições como candidato a deputado estadual (SP) pelo Podemos. 'A regulamentação é a oportunidade de legalizar a informalidade, gerar empregos, impostos e fomentar todo o setor, o Brasil é o terceiro país com o maior potencial de exploração de jogos no mundo”, destaca Omori como argumentos para defender a legalização da atividade.

Nesta semana, Omori participou do programa Direto da Redação, promovido pela TV Pendulo, da cidade de Campo Limpo Paulista, onde falou um pouco mais sobre a legalização dos jogos.

"Esse é um ponto que a gente precisa acabar com a demagogia porque hoje já existe Mega Sena, Tele Sena e o turfe. Se a gente colocasse hoje, eu participei do Brazilian Gaming Congress (BGC) com o presidentes de grupos como MGM, Sands e outros grandes de cassino... E conversando nesse congresso; o que acontece com o Brasil? O Sands tem US$ 15 bilhões para investir no Brasil porque eles fizeram um estudo; e a minha palestra foi junto o presidente da MGM que tem mais US$ 15 bilhões pra investir; e o grupo Caesars tem mais 10 bilhões. Além de grupos menores como Esprectrum, Convention e Casino Week que tem de 500 milhões a 1 bilhão", disse o candidato.

"Nós estamos falando de 70 bilhões de dólares em investimentos. 70 bilhões de dólares significa engenharia, arquitetura, trazer equipamentos e muitos empregos. Quando você pega 70 bilhões de dólares nós estamos falando de 5 a 10 milhões de empregos. Por isso eu digo, só em dois segmentos que falamos aqui, turismo e jogos, a gente já supriria e inverteria a curva de desempregados no Brasil", explicou Omori.

"A regulamentação é a oportunidade de legalizar a informalidade, gerar empregos, impostos e fomentar todo o setor. Segundo dados estatísticos, o Brasil é o terceiro país com o maior potencial de exploração de jogos no mundo. Já existe o jogo no Brasil. Se fala de lavagem de dinheiro, vicio, drogas, mas, isso já existe. Mas, o que acontece? Existem bingos, cassinos clandestinos que não empregam formalmente e não recolhem impostos. Se você pegar o celular, você consegue jogar pelo celular lá em Las Vegas, só que não está entrando nenhum centavo pra economia. A partir do momento que você transformou isso e está recolhendo tributos, então, você tira do informal e coloca com um empresário pra gerar emprego, renda, divisas e também impostos. E isso é uma coisa importante que a gente precisa fazer", concluiu Omori.

Atualmente Omori é presidente da ABIH-SP (Associação Brasileira da Industria de Hotéis de SP) e do IDT-CEMA (Instituto de Desenvolvimento Turismo, Cultura, Esporte e Meio Ambiente). Ele é administrador de Empresas pela Universidade Mackenzie e tem um MBA Internacional em Hotelaria, Turismo e Entretenimento pela FGV / Ohio University.

Fonte: GMB