DOM 24 DE SETEMBRO DE 2017 - 00:08hs.
PL 7306

Febralot e Febraban se reúnem em São Paulo

Na pauta da reunião dos lotéricos com a Federação Brasileira de Bancos não podia deixar de estar o PL 7306. Na oportunidade a FEBRALOT deixou bem claro que somente com a aprovação do PL é que toda categoria de empresários terá condições de trabalhar com tranquilidade e fazer os investimentos necessários para o bom desempenho de suas atividades.

Em atendimento às solicitações feitas pelos parlamentares na manhã desta terça-feira em São Paulo estiveram reunidos representantes da FEBRALOT e diretores da FEBRABAN.

Na pauta da reunião não podia deixar de estar o PL 7306 e seus reflexos no sistema financeiro nacional. Vale destacar que a Rede Lotérica passa por uma de suas piores crises na história com valores tarifários muito defasados ao logo dos anos e essa perda deixou o setor em processo falimentar. 
 
"Chegou a hora de construirmos a unidade e lutar por nossos direitos até o fim. A aprovação do PL 7306/17 é o primeiro passo, mas um passo fundamental para todos os próximos que virão”, comentou o presidente de FEBRALOT, Jodismar Amaro.

Se o PL 7306/17 for aprovado sem modificações no texto original os lotéricos terão garantido os seguintes direitos:
  • Valor mínimo de R$ 1,06 para recebimento de boletos bancários, contas de concessionárias de serviço público ou quaisquer outros convênios;
  • Reajuste anual de acordo com o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado);
  • O serviço de transporte de numerários decorrentes da operacionalização das transações efetuadas pelos lotéricos passará a ter seus custos de execução sob responsabilidade da Caixa.
Na oportunidade a FEBRALOT deixou bem claro que somente com a aprovação do PL é que toda categoria de empresários terá condições de trabalhar com tranquilidade e fazer os investimentos necessários para o bom desempenho de suas atividades.

Na próxima semana, a FEBRALOT juntamente com os sindicatos estaduais, estará em Brasília e os temas a serem abordados no encontro serão as loterias pela internet e um provável calendário para votação do PL.
 
Fonte: GMB / FEBRALOT