SEG 20 DE AGOSTO DE 2018 - 21:37hs.
Torneio será em Paris

Bilhete de loteria garante goleiro da seleção brasileira na Gay Games 2018

Victor Jorge Dubugras de Amaral, de 35 anos, tinha um objetivo em vista quando decidiu comprar um bilhete do Rio de Prêmios, produto da Loteria do Estado do Rio de Janeiro: conseguir dinheiro para viajar para Paris e defender a seleção brasileira de futebol na Gay Games 2018. O Brasil quer bater este ano o recorde de atletas inscritos, mas não tem verba oficial para isso, contando com os recursos dos próprios jogadores.

O goleiro do time, pelo visto, já está garantido. Victor foi um dos três ganhadores que acertaram as 20 dezenas do sorteio 507 do Rio de Prêmios, produto da Loteria do Estado do Rio de Janeiro (Loterj). E levou para casa a bolada de R$ R$ 133.333,33; que dividiu com mais duas amigas, que tinham entrado com ele numa espécie de bolão. 

O morador do Méier, Zona Norte do Rio de Janeiro, nunca viajou para o exterior e agora está de malas prontas para a Europa. Embarca em agosto para fechar o gol do time brasileiro.

“Disputar essa Olimpíada é algo que queria muito fazer na minha vida. Estou muito feliz em participar desse movimento e representar o meu país. Como não temos patrocinadores, vou aproveitar uma parte do prêmio para bancar minha viagem. Estamos treinando pesado para voltar com a medalha de ouro no peito”, diz Victor.

Além da seleção brasileira de futebolo gay, ele é também goleiro do BeesCats, primeiro time assumidamente homossexual do Rio de Janeiro. Foi em novembro de 2017 que a cidade organizou pela primeira vez a Champions Ligay, o Brasileiro Gay de Futebol de Sete.

Fonte: GMB