QUI 20 DE SETEMBRO DE 2018 - 22:08hs.
Iniciativa de governo

Bermudas pretende introduzir o regulamento de cassino "sem demora"

O ministro do turismo de Bermuda, Jamahl Simmons, confirmou que seu departamento pretende introduzir regulamentos para jogos de cassino o mais rápido possível, enquanto responsabiliza os ex-membros da Comissão de Jogos por atrasos no processo.

O ministro do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Jamahl Simmons, culpou os membros do Bermuda Casino Gaming Commission (BCGC) por atrasos que criaram um “obstáculo” para a finalização dos regulamentos.

“Sob a nova liderança, a Comissão de Jogos de Cassino das Bermudas está trabalhando com o gabinete do Procurador Geral, através do meu ministério como órgão governamental instrutor, para assegurar que estes regulamentos sejam decretados sem mais delongas”, declarou Simmons em discurso recente perante a Assembleia.

“Na verdade, o gabinete do Procurador-Geral e a comissão concordaram que, por conveniência e sem sacrificar a devida diligência no processo de redação, o caminho prudente seria completar a redação e promulgação do pacote regulatório, sob o procedimento de resolução em três fases.”

No entanto, Alan Dunch, ex-presidente do BCGC, afirmou que a comissão completou seu trabalho há um ano e expressou surpresa pelo fato de o governo ter demorado tanto para prosseguir, acrescentando que a sugestão de que o programa havia parado sob sua presidência era "intrigante".

Enquanto isso, Cheryl-Ann Mapp, a nova presidente do BCGC, disse no mês passado que o órgão regulador havia consultado suas contrapartes internacionais para obter conselhos sobre alternativas aos três bancos da ilha, nenhum dos quais ainda concordou em se envolver com a indústria.

Dunch já havia avisado em novembro de 2016 que não seria possível estabelecer uma indústria de cassinos no país sem o apoio dos bancos locais.

Em uma nota parecida, Richard Schuetz, ex-diretor executivo do BCGC, afirmou que a publicidade global negativa em torno das recentes emendas ao Casino Gaming Act deteria os bancos correspondentes e sua aprovação era necessária para os bancos locais que processam transações em dólares.

Em sua carta de renúncia, Schuetz levantou preocupações de que o mau uso do governo na introdução de cassinos - como a falha em desenvolver uma infraestrutura anticorrupção e uma estrutura adequada de AML - poderia prejudicar a reputação internacional de Bermuda.

Fonte: GMB / Casino Review